Após ter estabelecido uma estreita parceria com a fundação DaST (Design a Sustainable Tomorrow) e o Centro de Estudos da Pessoa, acreditando numa filosofia que assenta no pensar a arte como a arte de pensar o mundo de amanhã, a vida e as relações entre quem sonha e quem faz, num claro desafio ao novo e ao diferente, a WOA desenvolveu a WOAU-Way of Arts United.
 
O movimento WOAU, tenta de uma forma livre, num sistema interdisciplinar, multicultural e até transcultural, conjugando diferentes sectores da sociedade, como o popular, o académico e o artístico, não só pensando mas actuando, dar o seu contributo à cultura do séc XXI, pois as obras materiais e imateriais resultantes do movimento WOAU, são o reflexo de um trabalho colectivo, que assenta na procura de uma mais sustentada forma de vida onde a arte funciona como matriz unificadora.

Sendo uma filosofia que assenta na transculturalidade e na internacionalização dos projectos, não é uma filosofia obrigatoriamente globalizadora, mas sim, uma filosofia que tenta, através da aprendizagem deste conceito de globalização, contribuir para melhorar a individualidade onde quer que esta se aplique. Precisamos de uma cultura capaz de nos ajudar a pensar o global ou o local, ou seja uma cultura “glocal”. A cibercultura que acompanha a emergência da “sociedade mundial da informação possui alguns atributos de glocal da qual a cultura internet é uma pré figuração”.
A WOA tem prezando pela liberdade individual e colectiva, cruzado interesses e sensibilidades, feito por bem cuidar de todos aqueles que serve e aqueles que com ela têm vindo a trabalhar.

O conceito WOAU tem vindo a ser desenvolvido não só através das residências artísticas\workshops mas, desde a sua origem, através da forma como tem sido estabelecido o diálogo para o desenvolvimento dos vários projectos, nas diferentes áreas, entre os responsáveis da WOA, artífices, artistas, estudantes, professores e outros criativos sempre em busca de quem pensa e faz pensar. Este diálogo, sempre que possível, é também estabelecido com a população das localidades onde os projectos são levados a cabo, no sentido de a integrar, e na tentativa de usar a arte como matriz unificadora e desencadeadora de processos de actualização de potencialidades passando da potência ao acto, e consequentemente social, numa aculturação cada vez mais necessária no enriquecimento global do intelecto.

20191015 general banner about Canvas Painting 20191015 general banner about Gilding 20191015 general banner about Workshops 20191015 general banner about Tiles 20191015 general banner about Furniture 20191015 general banner about Recycling 20191015 general banner about Sculpture 20191015 general banner about Wood Painting 20191015 general banner about Frames 20191015 general banner about Ceramics 20191015 general banner about Metal 20191015 general banner about Stone 20191015 general banner about Plaster 20191015 general banner about Stufing 20191015 general banner about Cabinet Making