Polimento é todo o procedimento realizado com o intuito de gerar ou reativar o brilho de quaisquer superfícies. Em geral, toda peça natural ou de manufatura, pode ser polida. Além das melhorias estéticas, no campo industrial, o polimento pode destinar-se ao ajuste de peças, eliminando rebarbas (acúmulo de material resultante dos processos de execução), ciscos (como são chamadas as pequenas partículas de sujeira) e pequenas imperfeições, sobretudo nas indústrias metalúrgica e mecânica. Nesses casos, algumas peças são inviáveis comercialmente sem polimento, como o caso de registros e torneiras hidráulicas e a maior parte das peças usinadas. Ele é vital para alguns setores da economia como por exemplo o automobilístico, já que é o único mecanismo disponível para reativar o brilho e melhorar a aparência externa.
O polimento é uma das atividades mais antigas conhecidas pelo homem, tendo seu início provavelmente na pré-história, na era da pedra polida, ou neolítico.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Armário
Art Déco
Art Déco foi um movimento popular internacional de design de 1925 até 1939, que afectou as artes decorativas, a arquitectura, design de interiores e desenho industrial, assim como as artes visuais, a moda, a pintura, as artes gráficas e cinema. Este movimento foi, de certa forma, uma mistura de vários estilos [ecletismo] e movimentos do início do Séc.XX, incluindo construtivismo, cubismo, modernismo, bauhaus, art nouveau, e futurismo. A sua popularidade na Europa foi durante os picos dos loucos anos 20 e continuou fortemente nos Estados Unidos através da década de 1930. Embora muitos movimentos de design tivessem raízes em intenções filosóficas ou políticas, a Art Déco foi meramente decorativa. Na altura, este foi visto como estilo elegante, funcional e ultramoderno. Representa a adaptação pela sociedade em geral dos princípios do cubismo. Edifícios, esculturas, joias, luminárias e móveis são geometrizados. Sem abrir mão do requinte, os objectos têm decoração moderna, mesmo quando feitos com bases simples, como concreto (betão) armado e compensado de madeira, ganham ornamentos de bronze, mármore, prata, marfim e outros materiais nobres. Diferentemente da art nouveau, mais rebuscada, a art déco tem mais simplicidade de estilo.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Pinturas da autoria de Jean Pillement

Jean-Baptiste Pillement [Lyon, 24 de Maio de 1728 - Lyon, 26 de Abril de 1808] foi um pintor e decorador francês, conhecido pela delicadeza e requinte das paisagens que pintou e pela influência que teve, através das gravuras executadas a partir dos seus desenhos, na expansão do estilo Rococó e do gosto pela chinoiserie através da Europa. Publicou diversas obras sobre arte e sobre técnicas decorativas, para além de um valioso volume de memórias.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Pintura Naif  |  Séc. XX

As principais características da arte naïf (por exemplo, na pintura) são a forma desajeitada como se relacionam determinadas qualidades formais; dificuldades no desenho e no uso da perspectiva que resultam numa beleza desequilibrada mas, por vezes, bastante sugestiva; uso frequente de padrões, uso de cores primárias, sem grandes nuances; simplicidade no lugar da subtileza, etc.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Secretária Abattant
O estilo império é um estilo arquitectónico, de decoração de interiores, mobiliário e moda em geral, que se desenvolve em França no início do século XIX, e se insere dentro do espírito neoclássico. Este período pode-se delimitar entre aproximadamente 1803/1804 e 1815/1821, altura da proclamação do Primeiro Império Francês [1804-1814], por parte de Napoleão Bonaparte. A fase inicial do estilo pode também ser designada por estilo consulado [ou Retour d’Egypt], fase que se inicia por volta de 1799, e que coincide com o período do Consulado Francês [1799-1804].
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

bibliografia: www.wikipedia.org

20110713  |  cr 01 20110713  |  cr 03 20110713  |  cr 02 20120320  |  cr geral 01 20120320  |  cr geral 02 20120320  |  cr geral 03 20120320  |  cr geral 04 20120320  |  cr geral 05 20120320  |  cr geral 06 20120320  |  cr geral 07 20120320  |  cr geral 08 20120320  |  cr geral 09 20120320  |  cr geral 10 20120320  |  cr geral 11 20120320  |  cr geral 12 20120320  |  cr geral 13 20120320  |  cr geral 14 20120320  |  cr geral 15 20120320  |  cr geral 16 20120320  |  cr geral 17 20120320  |  cr geral 18 20120320  |  cr geral 19 20120320  |  cr geral 20 20120320  |  cr geral 21 20120320  |  cr geral 22 20120320  |  cr geral 23 20120320  |  cr geral 24